CREMERJ e SGORJ respondem à matéria da Revista Época

31/03/2020

A revista Época dessa semana publicou uma matéria relatando que algumas mulheres estão optando pelo parto em casa, devido à pandemia de coronavírus. É um grande risco para mães e bebês. Inclusive, é proibida a participação de Médicos nesta modalidade de parto no estado do Rio de Janeiro por resolução do CREMERJ.

Mas, “o absurdo irracional da situação que estamos vivendo” faz com que algumas mulheres “escolham suas casas como local ideal para nascimento dos filhos”, conforme matéria.

Neste momento da pandemia do coronavírus, o CREMERJ e a SGORJ são frontalmente contrários ao parto domiciliar e reiteram a advertência aos riscos injustificáveis de tal prática. É fundamental o equilíbrio entre riscos e benefícios envolvidos, para que as opções estejam legitimamente ancoradas em princípios éticos e bioéticos.

Sylvio Sergio Neves Provenzano - Presidente do CREMERJ

Célia Regina da Silva - 1ª Vice-Presidente do CREMERJ e Vice-Presidente da SGORJ

Raphael Câmara Medeiros Parente - Conselheiro do CREMERJ e do CFM

Renato Augusto Moreira de Sá - Presidente da SGORJ

Acesse aqui a matéria toda