CREMERJ promove I Fórum do Grupo de Trabalho Materno Infantil

18/02/2019


O I Fórum do Grupo de Trabalho Materno Infantil do CREMERJ reuniu neste sábado, 16, os representantes médicos das principais maternidades públicas do Rio de Janeiro para um debate sobre os problemas enfrentados pelas unidades de saúde.

A mesa de abertura foi composta pelos conselheiros: Luiz Zamagna, Margareth Martins Portella, Walter Palis Ventura, Raphael Câmara, Ana Cristina Russo, André Luiz Costa; e pela superintendente de Maternidades da Subsecretaria de Educação Hospitalar Urgência e Emergência da Secretaria Municipal de Saúde (SMS-RJ), Carla Lopes Porto Brasil. A vice-presidente do CREMERJ, Célia Regina da Silva, também esteve presente.

Segundo Zamagna, o objetivo desse fórum foi reunir as chefias de maternidade para conhecer os diagnósticos dos seus serviços. “Esse fórum é importante para termos ideia de onde podemos atuar. O CREMERJ irá consolidar, através dos informes passados hoje, uma ação em prol dessas unidades de saúde, onde sabemos que faltam recursos humanos, concursos públicos, entre outras necessidades. Já percebemos que nossa principal atuação deve ser na regulação e as esferas municipal, estadual e federal têm que estar mais integradas às maternidades”, disse o conselheiro.

A superintendente da SMS-RJ, Carla Lopes, citou a parceria com o CREMERJ e a importância da preocupação com a gestão da saúde da população. “Acredito ser fundamental a retomada da Câmara Técnica Materno Infantil, um espaço de discussão e reflexão sobre a assistência na cidade do Rio de Janeiro. O Conselho pensar e se debruçar sobre os desafios que se colocam na gestão da saúde também é de muita importância. Aqui estão reunidas todas as chefias médicas, então temos que nos sentir a vontade para ocupar, discutir e trazer possibilidades, e o CREMERJ tem um papel fundamental na estimulação e formação de políticas”, alegou Carla.

No fórum estavam presentes os representantes das unidades de saúde: Maternidade Leila Diniz, Carmela Dutra, Maria Amélia Buarque de Holanda, Heloneida Stuartd, Gaffré Guinle, Mariana Bulhões, Herculano Pinheiro, Alexander Fleming, Alzira Reis, Maternidade da Mulher Mariska Ribeiro, Maternidade de Bonsucesso, Maternidade escola Fernando Magalhães, Maternidade escola UFRJ, Hospital Municipal Ronaldo Gazolla, Hospital Municipal Pedro II, Hospital Municipal Rocha Faria, Maternidade Hospital Estadual da Mãe e Hospital Universitário Pedro Ernesto (Hupe). O Hospital Estadual Azevedo Lima e Hospital Universitário Antônio Pedro (Huap) não enviaram representantes.