CRM define pauta da I Reunião das Entidades Médicas Nacionais

04/01/2019


O CREMERJ, a Associação Médica do Estado do Rio de Janeiro (Somerj) e a Federação Nacional dos Médicos (Fenam) se reuniram nesta sexta-feira, 04, para preparar a pauta de discussão da I Reunião das Entidades Médicas Nacionais, que será realizada no dia 24 de janeiro, às 19h, no auditório do Colégio Brasileiro de Cirurgiões (CBC). O evento é promovido pelo Movimento Nacional de Defesa da Medicina e Assistência à População e tem como objetivo apresentar as demandas dos médicos aos novos governantes da esfera federal e estadual. O novo ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, está entre os convidados.

A reunião do Rio de Janeiro é a primeira de uma agenda nacional de encontros, que irá debater peculiaridades de cada estado e itens do Manifesto dos Médicos em Defesa da Saúde. O documento é uma síntese dos debates do XIII Encontro Nacional das Entidades Médicas, realizado em junho de 2018 no CFM, e que é composto por medidas prioritárias e exequíveis, que pretendem assegurar os direitos dos pacientes e a qualidade do exercício da medicina e do atendimento.

“Este é o momento político importante. A categoria médica precisa se mobilizar para reivindicar as mudanças necessárias para melhoria da assistência à população e melhorar as condições de trabalho dos médicos”, declarou o presidente do CREMERJ, Sylvio Provenzano.

O presidente da Fenam, Jorge Darze, reforçou a importância da participação dos médicos do Rio de Janeiro no movimento.  

“A ideia é que as reivindicações possam repercutir nos governos federal, estadual e também municipal para que o médico consiga resgatar sua prerrogativa de atuação. O movimento é do basta! Basta do desrespeito profissional, da péssima remuneração, da influência das operadoras de saúde no trabalho médico. Mas é de também resolver essas questões e implementar novas. A intenção é que este movimento ganhe fôlego porque há uma indignação grande de toda a categoria”, acrescentou.

Serão convidadas para participar do encontro as entidades médicas, sociedades de especialidades e representantes das três esferas de governo. O evento será aberto ao público. 

Também participaram da reunião o presidente da Somerj, Benjamin Baptista de Almeida; e os conselheiros do CREMERJ Ricardo Azêdo, Flavio Antonio de Sá e José Ramon Blanco. O médico Júlio Noronha representou o corpo clínico do Hospital Federal de Bonsucesso.