Grupo de Transição do CREMERJ finaliza apresentações

25/09/2018


O Grupo de Trabalho de Transição Democrática e Transparente, que ao longo de setembro manteve reuniões periódicas de apresentação ao funcionamento do CREMERJ, teve seu quarto e último encontro nessa segunda-feira, 24. Na ocasião, as áreas debatidas foram os Registros Médicos de Pessoa Física e Jurídica, a Coordenação das Seccionais e Subsedes (Cosec), a Comunicação e Marketing e a Assessoria Jurídica (Ajur).

O presidente do CRM, Nelson Nahon, e a diretora Erika Reis, abriram as apresentações, que foram acompanhadas pelos futuros conselheiros Luís Guilherme dos Santos, Marcelo Peixoto, Margareth Portella, Rafaella Leal e Walter Palis. Eles conheceram os serviços prestados pelos setores de Registro Médico de Pessoa Física (RMPF) e Jurídica (RMPJ), responsáveis pela inscrição de médicos e empresas, manutenção dos cadastros, emissão de certificados, entre outros. No RMPF, foi destacado o trabalho feito com os formandos de medicina, que são recepcionados em evento no Conselho para conhecerem a instituição e seus serviços e terem acesso a informações sobre ética, importância da residência, etc., além do projeto sobre médicos falsos, através do qual o CREMERJ tem sido exemplar: o único do país no último ano a não ter registro ilegal, de acordo com levantamento do CFM.

Em relação às atribuições da Cosec, que coordena as 26 representações do Conselho em todo o Estado, contando com 40 colaboradores distribuídos nas unidades, o Grupo pode entender os processos de controle dos protocolos e sindicâncias realizados e o número de atendimentos feitos por elas, bem como ver a ficha técnica de cada uma.

A área de Comunicação e Marketing apresentou seus nove meios próprios de interlocução com o médico e com a sociedade (jornal, site, Facebook, Instagram, YouTube, Twitter, e-mail marketing, Boletim Informativo e WhatsApp), além do trabalho realizado com a  imprensa. Só em 2017, o CREMERJ produziu 400 matérias e foi fonte da mídia em mais de 1.200 inserções, incluindo rádio, TV, impressos e online.

As dezenas de ações jurídicas do Conselho no universo da Saúde Pública, o trabalho de execução fiscal e as demandas legais que têm sido acompanhadas pela Ajur e tenderão a se reverberar nos próximos meses também foram discutidas.

Ao fim do encontro, foi entregue aos membros do Grupo de Trabalho um livro com o compilado de todo o conteúdo das reuniões. O material servirá, ainda, para a apresentação do CREMERJ a todos os conselheiros eleitos, que ocorrerá no sábado, 29.