Amererj cobra pagamento dos residentes com ação na Justiça

29/06/2018


A Associação dos Médicos Residentes do Estado do Rio de Janeiro (Amererj) estrou com uma ação na Justiça, nessa quarta-feira, 27, contra a União Federal, apoiada pelo CREMERJ, devido ao não pagamento das bolsas de alguns médicos residentes do Hospital Federal da Lagoa e do Hospital Federal dos Servidores do Estado.  O Ministério da Educação (MEC) alega problemas administrativos para justificar a falta de pagamento. Entretanto, a Amererj já esgotou todas as outras formas de negociação, tornando-se necessário o processo de judicialização do caso.

É preciso ressaltar que os médicos residentes, muitas vezes vindos de outros locais e sem outra fonte de renda, não têm como se manter sem o pagamento integral da bolsa. Para uma residência completa e bem estruturada, o recebimento da remuneração é imprescindível.