Ministros autorizam processo seletivo para hospitais federais

03/04/2018


Os ministros da Saúde, Ricardo Barros, e do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão, Dyogo Henrique de Oliveira, autorizaram a contratação de 3.592 profissionais de saúde para atuarem na rede federal do Rio de Janeiro. Os contratos terão prazo de seis meses, podendo ser prorrogados por até dois anos.

Das nove unidades, oito serão beneficiadas, são elas: Hospital do Andaraí, de Bonsucesso, de Ipanema, da Lagoa, dos Servidores do Estado e o Cardoso Fontes, além dos Institutos Nacionais de Cardiologia (INC) e de Traumatologia e Ortopedia (Into).

A portaria interministerial foi publicada no Diário Oficial da União, no dia 28 de março, e tem efeito imediato. O Departamento de Gestão Hospitalar e o Núcleo Estadual do Ministério da Saúde no Rio de Janeiro estão finalizando o edital que irá prever as vagas para cada unidade, além da data de inscrições para o processo seletivo.

Está prevista a contratação de 1.340 médicos especializados, 831 enfermeiros, 230 técnicos em enfermagem, 832 profissionais para atividades de gestão e manutenção hospitalar em nível superior e 359 profissionais para atividades de gestão e manutenção hospitalar em nível médio.