CRM e Saerj homenageiam anestesistas

23/03/2018


O CREMERJ e a Sociedade de Anestesiologia do Estado do Rio de Janeiro (Saerj) prestaram homenagem, no último 22 de março, a cinco médicos anestesistas do Instituto Nacional de Cardiologia (INC). Eles estiveram envolvidos em dois transplantes de coração em 6 de fevereiro: um órgão veio de Curitiba para o menino Matheus, de 12 anos; e outro, de Duque de Caxias, para uma mulher de 26. A condecoração aconteceu durante a abertura de uma palestra científica sobre a especialidade, realizada na sede do Conselho.

Na mesa de abertura estavam reunidos o presidente e o vice-presidente do CRM, Nelson Nahon e Renato Graça, respectivamente, além do responsável pela Câmara Técnica de Anestesiologia do CREMERJ, Marcos Botelho, e do presidente da Saerj, Helton José Bastos Setta.

“Hoje, gostaríamos de complementar a homenagem que fizemos aos médicos envolvidos em dois transplantes cardíacos, realizados no mesmo dia no INC. Esse feito heroico mostrou que – apesar de o governo nos negar condições dignas e contratos adequados de trabalho – nós, médicos, temos aparato técnico e disposição e sempre nos sacrificaremos para ajudar a população. Nossa categoria foi justamente reconhecida. Parabéns a todos”, disse o presidente do CRM.

Um dos homenageados recordou o dia dos transplantes. “Sou plantonista do INC, e aquela terça-feira foi um dia caótico no Rio de Janeiro. Eu e mais um colega anestesista participamos dos dois transplantes. Ambos tiveram resultados excelentes, graças ao empenho de toda a equipe. Acho importante valorizar o médico, independentemente da área de atuação. Trabalhar em um hospital público lembra muito estudar em uma escola pública: você tem que gostar da instituição, apesar da privação de recursos e de uma série de problemas. Os profissionais de saúde estão no serviço público, em primeiro lugar, porque amam o que fazem pelo próximo”, observou o anestesista Roberto de Souza.

Os homenageados foram Alexandre Fernandes da Silva, Lenise Budri Cassini, Roberto de Souza, Rodrigo Barcellos Ferreira de Araújo e Arthur Orlanti Siciliano Júnior, chefe do Serviço de Anestesiologia do INC.