Atuação do médico como pessoa jurídica abre ciclo de palestras

22/02/2018


O CREMERJ promoveu nesta quarta-feira, 21, no auditório Júlio Sanderson, a palestra “O que o médico jovem deve saber ao atuar como pessoa jurídica”. O evento faz parte de um ciclo de debates que será realizado ao longo deste ano, direcionado a médicos e acadêmicos de medicina. Cerca de 120 pessoas compareceram.

O presidente do CREMERJ, Nelson Nahon, abriu o evento ressaltando que o Conselho é contra a terceirização dos profissionais através das Organizações Sociais e defende a realização de concurso público e das relações de trabalho estabelecidas conforme a Consolidação das Leis de Trabalho (CLT). No entanto, ele salientou que a realidade do mercado têm se direcionado para novos modelos de contratação e por isso os médicos devem ficar atentos as vantagens e desvantagens desses vínculos.

O diretor do CRM Renato Graça informou que estão programadas seis palestras direcionadas ao médico jovem este ano. Os eventos acontecerão sempre na última quarta-feira de cada mês e são gratuitos. A programação pode ser consultada no site do Conselho.

“Escolhemos esse tema para a primeira palestra porque a contratação por meio de pessoa jurídica tem sido uma realidade cada vez mais presente no meio médico. Por conta disso, os jovens médicos devem se familiarizar com o assunto para saber prós e contras e entender as peculiaridades fiscais”, disse.

Em seguida, a conferência foi ministrada pelo mestre em ciências contábeis José Miguel da Silva. Ele abordou responsabilidades, riscos, vantagens e desvantagens envolvidos na abertura de uma empresa. Também falou sobre os tipos societários e as características de cada uma. Para finalizar, José Miguel explicou as formas de tributação, citando as mais e as menos onerosas.

“Os médicos não foram preparados para serem empreendedores; no entanto, as leis atuais estão impondo essa realidade. É importante que eles conheçam bem o tema”, acrescentou Silva.

A gravação da palestra pode ser acessada no site do CREMERJ e também pelo aplicativo do Conselho, através da TV CREMERJ.

Também estiveram presentes os conselheiros Pablo Vazquez,  Serafim Borges e Gil Simões, coordenador da Comissão de Recém-formados, e o presidente da Associação dos Médicos Residentes do Estado do Rio de Janeiro (Amererj), Francisco Coelho.