Médicos mantêm greve na Atenção Primária no Rio

06/12/2017


Médicos da atenção primária do município do Rio se reuniram nessa terça-feira, 5, para a manutenção da greve. Na sétima assembleia desde o início do movimento, os profissionais votaram por seguir com 50% do efetivo trabalhando.

Durante a assembleia, o presidente do CREMERJ, Nelson Nahon, falou sobre o estado de calamidade pública do Rio de Janeiro:

“O prefeito não está levando a saúde das pessoas a sério, eles reajustaram o orçamento de pastas como Meio Ambiente e o gabinete, enquanto na saúde fizeram cortes. O CREMERJ irá tomar as providências necessárias sem medir esforços para garantir a assistência da população.”

A próxima assembleia está marcada para o dia 14 de dezembro, às 14h, no Sindicato dos Médicos do Rio de Janeiro.