Desafios da prática geriátrica é tema de fórum

24/10/2016


Os desafios da prática geriátrica foram os temas abordados durante o XIV Fórum da Câmara Técnica de Geriatria do CREMERJ, nesse sábado, 22, realizado em um dos auditórios do Conselho. 

O diretor do CRM Renato Graça abriu o evento. “Além do registro e da fiscalização do exercício da medicina, obrigações do CREMERJ, o Conselho procura oferecer outros serviços, com muitos trabalhos em nossas Comissões de Saúde Pública e Suplementar, Comissões do Ensino Médico, do Recém-formado, além de disponibilizar biblioteca virtual com periódicos do Medline e Cochrane. Temos atuado em várias áreas, entre elas a Educação Continuada, com abertura do nosso espaço para as câmaras técnicas e sociedades de especialidade realizarem fóruns e seminários o ano inteiro. Portanto, aproveito a oportunidade para reforçar o prazer que o CRM tem em recebê-los”, explicou.

Segundo o coordenador da Câmara Técnica de Geriatria, Salo Buksman, nesta edição do evento dois temas principais serão abordados. “O primeiro assunto diz respeito a nossa prática clínica diária: a tonteira. Uma das queixas mais recorrentes nos consultórios e com um leque grande de diagnósticos. O tema seguinte, mais delicado, é a disfunção cognitiva do médico que envelhece, ou seja, vamos comentar aspectos do fato e como é pouco, ou nada, repercutido no nosso meio. Também teremos atualização no diagnóstico da doença de Alzheimer e, em seguida, apresentaremos dados de outros países e como aplicá-los no Brasil. Tenho certeza que será muito interessante para todos”, concluiu.

Os palestrantes foram Roberto Campos Meirelles, Salo Buksman e Rodrigo Barros Buksman.