Governador se compromete a regularizar repasses do Hupe

18/07/2016


Uma comissão formada pelo CREMERJ e parlamentares estaduais e federais se reuniu nessa quarta-feira, 13, com o governador interino Francisco Dorneles para discutir a crise financeira do Hospital Universitário Pedro Ernesto (Hupe). O encontro teve como objetivo solicitar a regularidade nos repasses da unidade. 

De acordo com o diretor do hospital, Edmar Santos, durante a reunião, foi fechado o compromisso de regularização do fluxo de repasses para a unidade. Ele também explicou que a expectativa é que na próxima semana o Hupe receba o valor de R$ 3,5 milhões, referente à complementação do mês de junho. 

“Estamos muito confiantes de que esse compromisso será cumprido. Com a normalização dos repasses, vamos começar a trabalhar com um pouco mais de tranquilidade e organizar melhor todo o fluxo de trabalho. Além disso, vamos acertar os pagamentos das empresas terceirizadas para que elas tenham saúde financeira para continuar prestando o serviço”, adiantou Santos. 

Desde meados do ano passado, o Pedro Ernesto sofre com atrasos no repasse da verba de custeio. A falta de recursos tem impactado na compra de medicamentos e insumos, no pagamento de fornecedores e também na manutenção estrutural. Pela Lei Orçamentária deste ano, o Hupe deveria receber R$ 8,3 milhões por mês para custeio. 

“A reunião foi positiva. Nossa expectativa é que o Hupe em breve vai regularizar toda a situação e retomar de forma plena os serviços à população e as atividades de formação médica”, reforçou o presidente do CREMERJ, Pablo Vazquez. 

Também participaram da reunião o conselheiro do CREMERJ Ricardo Bastos; os deputados estaduais Enfermeira Rejane, Ana Paula Rechuan, e Zaqueu Teixeira; o assessor da deputada federal Jandira Feghali Caique Tibiriçá; e o secretário estadual de Ciência e Tecnologia, Gustavo Tutuca.