Campanha contra a influenza começa no dia 30 de abril

13/04/2016


Começa a partir do dia 30 de abril e vai até 20 de maio, a 18ª Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza, promovida pelo Ministério da Saúde. A ação tem como objetivo reduzir as complicações, as internações e a mortalidade decorrente das infecções pelo vírus da influenza, na população-alvo para a vacinação. A meta é vacinar, pelo menos, 80% de cada um dos grupos prioritários para a vacinação. 

A imunização contra a influenza é uma das medidas mais efetivas para a prevenção da influenza grave e de suas complicações. A vacina aplicada é a trivalente, que protege contra o H1N1, o H3N2 (ambos vírus da Influenza A) e uma cepa da Influenza B. Elas estarão disponíveis em postos e centros de saúde de todos os municípios do país. 

Este ano, além de indivíduos com 60 anos ou mais de idade, serão vacinadas as crianças na faixa etária de seis meses a menos de cinco anos de idade, as gestantes, as puérperas (até 45 após o parto), os trabalhadores de saúde, os povos indígenas, os grupos portadores de doenças crônicas e outras condições clínicas especiais, os adolescentes e os jovens de 12 a 21 anos de idade sob medidas socioeducativas, a população privada de liberdade e os funcionários do sistema prisional. O público-alvo, portanto, representará aproximadamente 49,8 milhões de pessoas. 

Além da vacinação, o Ministério da Saúde orienta que a população tenha os seguintes cuidados: lavar as mãos várias vezes ao dia; evitar tocar a face com as mãos e proteger a tosse e o espirro, com lenço descartável; manter os ambientes ventilados; evitar aglomerações e ambientes fechados.

“O CREMERJ reforça a importância da campanha e o cumprimento do quadro de vacinação para assegurar a saúde da população”, frisou o presidente do Conselho, Pablo Vazquez. 

Rio de Janeiro - A Secretaria Municipal de Saúde antecipou para o dia 25 de abril o início da campanha para os grupos prioritários formados por crianças de 6 meses a 5 anos incompletos, gestantes e doentes renais crônicos. De acordo com a secretaria, a vacina estará disponível nas clínicas da família, nos centros municipais de saúde e nas policlínicas da cidade até o dia 20 de maio, de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h. No sábado 30 de abril, dia D de mobilização contra a gripe, cerca de 450 de postos de vacinação volantes serão montados em diversos locais em toda a cidade, como igrejas, escolas e associações de moradores, das 8h às 17h.