Dia do Médico: CREMERJ e Câmara Municipal homenageiam colega

26/10/2015


Sessão Solene da Câmara Municipal do Rio de Janeiro realizada nessa segunda-feira, 19, na sede do CREMERJ homenageou, em virtude do Dia do Médico, a colega Simone Soares de Souza por sua atitude ética e humana prestando socorro ao criminoso que acabara de lhe roubar dentro de um ônibus, na Zona Oeste da cidade, após ele ter sido baleado por um policial civil que reagiu ao assalto.

No evento, que contou com a presença de amigos e familiares de Simone, ela recebeu uma placa de homenagem do CREMERJ das mãos do presidente, Pablo Vazquez, e uma Medalha de Mérito Pedro Ernesto, a maior honraria oferecida pelo Legislativo carioca a personalidades e instituições que se destacam na sociedade, entregue por Paulo Pinheiro, o vereador responsável pela iniciativa de conceder a condecoração.

Vazquez abriu a solenidade enaltecendo a colega. “Sua reação de prestar os primeiros socorros ao assaltante ferido foi ética. A atitude da Simone, ao exercer a medicina sem fazer nenhum tipo de discriminação, nos dá forças para seguir em frente e continuar acreditando que é possível oferecer ao povo brasileiro um atendimento médico de qualidade, levando em consideração valores como solidariedade e humanismo”, afirmou.

Para o bom desempenho da medicina, é fundamental que os profissionais tenham a qualificação adequada “A abertura indiscriminada de faculdades é algo que nos preocupa muito. É importante que todas as instituições de ensino passem por critérios rígidos de avaliação para termos a certeza de que estão desempenhando um bom trabalho, tanto do ponto de vista técnico quanto do ponto de vista ético e social. Precisamos formar médicos que tenham esse compromisso de ajudar o Brasil a ter uma saúde de qualidade”, reforçou Vazquez. 

O vereador Paulo Pinheiro agradeceu ao CREMERJ por receber a sessão solene e exaltou Simone. “Nós passamos por um momento de pouco sentimento humanitário entre as pessoas, então, a atitude da colega, apesar de parecer lógica, é louvável. Esta homenagem é para lembrar as pessoas que nós vivemos num mundo habitado por seres humanos iguais a nós, mesmo com todos os problemas que temos no dia a dia”,  disse Pinheiro. 

Simone agradeceu à Câmara Municipal e ao CREMERJ pelo reconhecimento. “Todos nós, médicos, sabemos que temos que cuidar do outro, apesar das condições nem sempre favoráveis. Gostaria de dividir esse momento com cada colega que, assim como eu, ao longo de 24 anos de dedicação à medicina, mata um leão por dia para cuidar da melhor forma possível da população.”

Ela aproveitou a ocasião para reivindicar melhores condições de trabalho para a categoria. “Precisamos de políticas públicas efetivas, que nos garantam boas condições de trabalho para conseguirmos proporcionar aos cidadãos um atendimento médico de qualidade, independente da sua classe social.”

Participaram da mesa, ainda, os colegas que trabalham com Simone no dia a dia do Hospital Federal dos Servidores do Estado, Esaú Custódio Filho e Luiz Fernando Passoni.

Também estiveram no evento os conselheiros do CREMERJ Gil Simões, Nelson Nahon e Carlos Enaldo de Araújo.