Gratificação: entidades se reúnem com colegas do Andaraí

28/11/2014



Dando continuidade ao movimento pela recuperação do valor da gratificação por desempenho dos médicos federais, o CREMERJ e o Sinmed-RJ se reuniram nessa quarta-feira, 26, com colegas do Hospital Federal do Andaraí (HFA). O objetivo da luta é garantir que o benefício, que não está sendo pago devidamente, seja incluído no Orçamento Federal 2015, a ser votado em dezembro.

No encontro, o vice-presidente do CREMERJ, Nelson Nahon, destacou que, além de realizar assembleias nos hospitais federais, o CREMERJ e o Sinmed-RJ estão buscando apoio dos parlamentares federais e irão solicitar  audiências com o ministro da Saúde, Arthur Chioro; o presidente da Câmara, Henrique Alves; e a ministra do Planejamento, Miriam Belchior.

A gratificação por desempenho dos médicos federais, observou Nelson Nahon,  foi um dos assuntos debatidos durante reunião em 12 de novembro entre diretores do Conselho e representantes do Núcleo Estadual do Rio de Janeiro (Nerj) do Ministério da Saúde.
    
“Na ocasião, o diretor do Departamento de Gestão Hospitalar no Rio de Janeiro disse que é a favor da reintegração do benefício. No entanto, segundo ele, sem resolver a questão salarial dos médicos o diálogo e a solução dos problemas de recursos humanos tornam-se inviáveis”, informou Nelson.

O prazo para que os parlamentares alterem a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) de 2015 é até meados de dezembro. Segundo o presidente Sinmed-RJ, Jorge Darze, são necessários R$ 500 milhões para atualizar a gratificação dos médicos. “O momento é propício. Temos pouco mais de 15 dias pela frente, antes que comece o recesso, para buscar a inclusão dos recursos necessários no Orçamento de 2015.”

Na opinião do colega do HFA André Maciel, remuneração digna e condições de trabalho são pontos fundamentais para que o médico possa se fixar em uma unidade. “Todos gostariam muito de poder trabalhar apenas em um lugar, mas com nosso salário defasado, fica impossível não ter outros vínculos”, afirmou ele.

A Assembleia dos Médicos Federais será realizada no dia 3 de dezembro, às 19h, no auditório do CREMERJ.

A reunião contou ainda com a participação do diretor do Sinmed-RJ Júlio Noronha; do cirurgião vascular do HFA Guilherme José Abrahão, e de representantes do Sindsprev-RJ.