Médicos participam de assembleia no Hospital de Bonsucesso

11/03/2014


Representantes do CREMERJ e do Sinmed-RJ se reuniram com médicos do Hospital Federal de Bonsucesso (HFB) nesta segunda-feira, 10. Na ocasião, a assembleia debateu deficiências na unidade, a greve dos médicos federais e a manifestação que será realizada em 7 de abril, Dia Mundial da Saúde, em defesa da saúde pública.

O encontro faz parte de uma agenda conjunta das duas entidades médicas, que têm visitado hospitais federais, estaduais e municipais para mobilizar os colegas a participarem da agenda nacional de luta do movimento. Na pauta, estão questões como plano de cargos, salários e vencimentos, realização de concurso público com salários dignos, melhores condições de trabalho e atendimento adequado para a população. Os colegas também foram convidados para participarem no dia 24 de março, na sede do CREMERJ, de uma assembleia geral, que organizará a manifestação do dia 7 de abril.

“É um movimento para fortalecer a nossa posição e avançar a nossa luta. Se estivermos unidos, teremos força para enfrentar os problemas e conquistar o que queremos, seja nas esferas municipal, estadual e federal. É importante sensibilizar a sociedade, pois é também nosso alvo um atendimento digno para a população”, afirmou o presidente do CREMERJ, Sidnei Ferreira.

Na reunião, os colegas do HFB denunciaram que, entre os problemas, destacam-se a falta de insumos e o sucateamento dos equipamentos. De acordo com eles, diante da situação caótica da unidade, os principais afetados são os pacientes. Segundo relatos, há casos de pessoas que sofrem de diabetes terem sofrido amputações, porque não tiveram a chance de fazer o tratamento adequado.

Os médicos também criticaram os baixos salários e o descaso do governo com a categoria.

O presidente do Sinmed-RJ, Jorge Darze, também participou da reunião.