Médicos participam de assembleia no Hospital do Andaraí

31/05/2013


Médicos do Hospital Federal do Andaraí se reuniram em assembleia com o CREMERJ nessa quarta-feira, 29, para debater sobre a intenção do Ministério da Saúde de colocar a subsidiária da Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh) – Saúde Brasil – para gerir os institutos e hospitais federais.

Além da Ebserh, em seu pronunciamento, a presidente do Conselho, Márcia Rosa de Araujo, também falou sobre a gratificação dos médicos que ainda não foi reajustada, e a aposentadoria por mandados de injunção, suspensas por tempo indeterminado.

“Estamos passando por retaliações, mas não vamos deixar de lutar. Somos contra a Ebserh e a favor de concursos públicos com salários dignos e planos de carreira. Também não aceitamos a importação de médicos sem a revalidação do diploma, que é um ato justo. A população não merece ser atendida por profissionais que não tenham a sua capacitação comprovada e isso nós não vamos permitir”, declarou.

Márcia Rosa e o conselheiro Nelson Nahon encorajaram os médicos a participarem da manifestação no dia 5 de junho, às 10h, na Cinelândia, em defesa da valorização da categoria e da saúde pública. Eles também convidaram os colegas a comparecerem à reunião do dia 3, no Colégio Brasileiro de Cirurgiões (CBC), quando será organizada a mobilização.

O presidente do Sindicato dos Médicos do Rio de Janeiro (Sinmed-RJ), Jorge Darze, também participou da assembleia.