Secretaria diz que hospital em Niterói receberá verba do MS

22/05/2013


O CREMERJ esteve nessa terça-feira, 21, na Secretaria Municipal de Saúde de Niterói, para saber sobre a situação do Hospital Orêncio de Freitas, que enfrenta problemas com equipamentos obsoletos e com a falta de recursos humanos. Durante a reunião, o secretário municipal de Saúde, Chico D’Ângelo, disse que a vice-presidente de Atenção Hospitalar e de Emergência do município, Elaine Machado Lopez, elaborou um projeto para viabilizar aporte financeiro para a reestruturação da unidade.
 
Segundo D’Ângelo, a proposta foi apresentada ao Ministério da Saúde (MS), em Brasília, que afirmou que irá liberar verba federal. De acordo com o projeto, o apoio financeiro permitirá, entre outras ações, um aumento no número de cirurgias. Até o momento, o MS não estipulou um prazo para o repasse.
 
D’Ângelo se comprometeu com o CREMERJ e os médicos presentes que se empenhará para buscar uma solução para os atuais problemas no Orêncio de Freitas.
 
O Conselho acompanhará o caso, inclusive para averiguar se o repasse financeiro realmente será feito.
 
Além dos conselheiros Pablo Vazquez, Erika Reis e Alkamir Issa – coordenador da seccional de Niterói –, participaram da reunião o membro da Comissão de Ética Médica do hospital, Carlos Eduardo Lauria; o coordenador da seccional de São Gonçalo, Amaro Alexandre Neto; e o diretor médico do Orêncio de Freitas, Modestino Salles.