Representantes das delegacias se reúnem em encontro da Codel

30/09/2019


Durante reunião da Coordenação das Delegacias do CREMERJ (Codel), nesse sábado, 28, na sede do Conselho, coordenadores e representantes do interior debateram a situação das suas regiões. Na ocasião, também foram apresentados novos projetos para facilitar o atendimento aos médicos e o controle das unidades de saúde.

A diretora da Codel, Beatriz Costa, abriu o encontro falando sobre os planos feitos para as delegacias, como um treinamento para os funcionários e avaliações periódicas, que visam melhorar o atendimento e o processo do trabalho. Ela também anunciou a instalação de um novo link de dados, o E-pep. Um sistema que permitirá o envio de certidões e outros documentos digitalizados de forma segura para agilizar os procedimentos realizados nas delegacias e otimizar o tempo do médico.

Outro ponto destacado pela diretora foi a criação de um curso sobre ética médica, ministrado pelo Conselho, no formato de ensino a distância (EAD). A ideia surgiu devido às solicitações feitas por estudantes e residentes. Pela dificuldade de levar os palestrantes a tantos municípios, o EAD possibilita que as aulas sejam transmitidas em todo o estado. Ao final do curso, os participantes seriam avaliados e contemplados com uma certificação.

Ainda sobre orientações e questões éticas, foram destacadas situações onde normas não são respeitadas no cotidiano médico. Como casos de recém-formados se tornando responsáveis técnicos em hospitais e alta pressão de trabalho. E isso, levando ao aumento de suicídio e uso de drogas entre os médicos, além do crescimento da síndrome de Burnout.

“A produção do curso vai além da ética, e vai dar discernimento aos médicos que não sabem como se proteger. Nossa intenção é preparar e treinar o colega para que ele não sofra punições desnecessárias”, explicou a diretora.

Beatriz também apresentou um projeto que pretende melhorar as condições inadequadas de determinadas unidades de saúde no interior. A ideia é orientá-las para que elas se mantenham dentro da legislação vigente, com caráter totalmente educacional. As delegacias passariam a visitá-las e direcioná-las no que for necessário, além de entregar um questionário de autoavaliação. Esse seria encaminhado para o Departamento de Fiscalização (Defis) do CREMERJ. O processo facilitaria o trabalho da equipe de vistorias do Conselho.

Na reunião também foi dado um panorama a respeito da estrutura das delegacias como reformas, consertos, mudanças de salas e projetos para o planejamento estratégico. Além do alinhamento de temas e datas para eventos em outros municípios.

Participaram do encontro os representantes das delegacias de Cabo Frio, Duque de Caxias, Nova Friburgo, Volta Redonda, Nova Iguaçu, Três Rios, Barra da Tijuca e Niterói.