CREMERJ lamenta falecimento da médica Anna Lydia do Amaral

01/07/2015


O CREMERJ lamenta profundamente o falecimento da médica Anna Lydia Pinho do Amaral, nessa quinta-feira, 25. Médica ginecologista e obstetra há 60 anos, Anna Lydia era doutora em ginecologia pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). Ela foi a primeira mulher no Brasil a assumir a direção de um hospital do antigo Instituto Nacional de Assistência Médica da Previdência Social (Inamps), o Hospital de Ipanema.

No Conselho, Anna Lydia foi coordenadora da Câmara Técnica de Ginecologia e Obstetrícia. A doutora também era membro titular da Academia Nacional de Medicina e presidiu a Sociedade de Obstetrícia e Ginecologia do Rio de Janeiro (Sgorj).