CREMERJ acompanha vistoria pericial no Hospital do Andaraí

25/02/2015


O diretor do CREMERJ Pablo Vazquez e membros da sua assessoria jurídica acompanharam uma vistoria pericial no Hospital Federal do Andaraí (HFA), nesta segunda-feira, 23. A decisão de realizar a perícia foi deferida pelo juiz após uma ação civil pública do CREMERJ que pediu a conclusão das obras na unidade e a resolução de problemas como a falta de recursos humanos.
 
Para a perícia, o juiz convocou a Advocacia Geral da União, o Ministério Público Federal, a direção do HFA e a médica Sônia Marques, que foi indicada pelo juízo. O diretor do CREMERJ Pablo Vazquez e a médica fiscal Simone Assalie também acompanharam a vistoria. A médica Sônia Capellão representou o Núcleo Estadual do Rio de Janeiro (Nerj) do Ministério da Saúde.
 
O juiz aguarda informações dessa perícia para deferir e divulgar a sua decisão quanto ao Hospital Federal do Andaraí.
 
“No hospital do Andaraí, há problemas de falta de recursos humanos, obras inacabadas e de déficit de insumos. A população merece um atendimento digno e os médicos devem trabalhar com condições adequadas para isso. O CREMERJ denunciou irregularidades que puderam ser comprovadas pela perícia. Essa ação judicial teve início após uma fiscalização do Conselho. Essa é uma luta dos médicos do Andaraí e do CREMERJ”, destacou Vazquez.