Cocem: cinco comissões de ética tomam posse

12/11/2014


Cinco comissões de ética médica tomaram posse na reunião da Coordenação das Comissões de Ética Médica do CREMERJ, nessa terça-feira, 11, na sede da entidade. As instituições que participaram da solenidade foram: Hospital Eduardo Rabello, Posto Médico Sanitário de Parque Equitativa, Hospital Geral de Bonsucesso, Hospital Estadual Rocha Faria e Hospital São Lucas.

Participaram da reunião o presidente do CREMERJ, Sidnei Ferreira, os diretores Erika Reis e Serafim Borges, o conselheiro Armindo Fernando da Costa e a assessora jurídica do Conselho, Katia Oliveira.

Nos informes, Serafim Borges falou sobre a última reunião com o secretário municipal de Saúde do Rio de Janeiro, Daniel Soranz, na qual foi tratada a falta de segurança nas unidades, entre outros assuntos. O diretor também criticou a situação dos hospitais estaduais e o problema recorrente de falta de insumos nas unidades.

Erika Reis falou sobre a reunião com o novo diretor do Núcleo Estadual no Rio de Janeiro (Nerj) do Ministério da Saúde, que acontecerá nesta quarta-feira, 12, para tratar sobre a crise nos hospitais federais. 

Ela também destacou a fiscalização realizada na Maternidade Alexander Fleming a pedido do Ministério Público Estadual e o deferimento da ação ajuizada pelo MP, que, inclusive, utilizou informações das fiscalizações realizadas pelo CREMERJ, determinando a reabertura dos leitos do CTI pediátrico do Hospital Souza Aguiar nas dependências da unidade, e não na Coordenação de Emergência Regional (CER) do Centro.

Durante o encontro, representantes das comissões de ética relataram problemas ocorridos em suas unidades, inclusive sobre questões administrativas.

O presidente do CREMERJ lembrou os casos no Hospital Getúlio Vargas e na Unidade de Pronto-Atendimento (UPA) Pediátrica Walter Garcia, em Duque de Caxias, e frisou que o Conselho levou os problemas relatados para o secretário de Estado de Segurança do Rio de Janeiro, José Mariano Beltrame.

“Infelizmente situações como essas ocorrem com frequência. Iremos solicitar para o secretário um documento sobre normas de comportamento para policias em unidades de saúde e pedir uma audiência com o MP para que eles se manifestem sobre o assunto também”, disse. 

Confira abaixo as novas comissões empossadas, cujos mandatos seguem até novembro de 2017.

Hospital Eduardo Rabello - Membros eleitos para o segundo mandato:
Efetivos: Manoel Maximo Filho, Léa de Carvalho Nascimento e João Maria da Cruz Ferreira
Suplentes: Maria de Fátima Ribeiro Maia, Alencar Nascimento Pinto e Selma da Costa Silva Merenlender

Posto Médico Sanitário de Parque Equitativa - Membros eleitos para o primeiro mandato:
Efetivos: Felippe Carneiro Beleiro Barreiro, Erich Bueno Mendoza e Júlio César de Souza Andrade
Suplentes: Augusto Sérgio Brandão de Alencar, Paula Vieira Rodrigues e Maria Alejandra Onate Munive

Hospital Geral de Bonsucesso - Membros eleitos para o décimo mandato:
Efetivos: Sandra de Morais Pereira, Anabela Cunha Caruso, Francisco Xavier Dourado Fialho de Oliveira e Antônio Paulo Barça Evaristo de Araújo
Suplentes: Ademilson Teixeira Caldas, Bruno Pinheiro Costa, Sônia Paredes de Oliveira e Marcelo Pereira Braz

Hospital Estadual Rocha Faria- Membros eleitos para o oitavo mandato:
Efetivos: Alessandro Goldner, Ana Cristina Ferreira Mota, Maria de Fátima Fernandes Carvalhal, Adriana Zanini de Almeida
Suplentes: Eneida Pereira dos Reis, Fábio José Amaue Peres, Jane Barbosa de Souza e Luís Fernando Pinto Gândara

Hospital São Lucas - Membros eleitos para o segundo mandato:
Efetivos: Luciano de Figueiredo Aguiar, Marcos Freitas Knibel e Thiago Ribeiro Silva
Suplentes: Michelle Corrêa Araújo, Neuton Araciro e Márcia de Pontes Saraiva