CREMERJ participa do XI Congresso estadual de pediatria

15/10/2014


O CREMERJ participou da solenidade de abertura do XI Congresso de Pediatria do Estado do Rio de Janeiro (Consoperj), promovido pela Sociedade de Pediatria do Rio de Janeiro (Soperj), nessa quinta-feira, 9. A programação científica do evento que segue até sábado, 11, soma 27 mesas-redondas, 15 conferências, cinco minicursos, painéis e um fórum profissional.
 
A mesa de abertura do evento foi composta pelo presidente do CREMERJ, Sidnei Ferreira; pelo presidente da Soperj e do Consoperj, Edson Liberal; pelo presidente da Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP), Eduardo Vaz; pelo secretário de Saúde do Estado do Rio de Janeiro (SES), Marcos Musafir, e pelo representante da Academia Nacional de Medicina (ANM), Azor José de Lima. 
 
Em seu discurso, Sidnei Ferreira fez duras críticas ao momento difícil que o Brasil atravessa na prática da medicina, na saúde pública e na suplementar. 
 
“Temos que contar com a força dos colegas para continuar a luta contra os absurdos que nos cercam, como o programa Mais Médicos. É inaceitável que médicos que não tiveram sua capacitação atestada pelo Revalida estejam fornecendo atestados e até mesmo realizando perícias médicas, fato que estamos contestando na Justiça”, afirmou. 
 
O presidente do CREMERJ também criticou a Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh), pelo que ela representa em termos de agressão à autonomia universitária. 
 
Já o presidente da Soperj e do Consoperj, Edson Liberal, destacou a importância da escolha do tema central do congresso, a puericultura. 
 
“Precisamos revisitar o tema, que hoje é multifacetado, para progredir com relação a isso, focalizando o prematuro, a criança que tem doença crônica ou que seja portadora de alguma deficiência”, afirmou.