CREMERJ participa de ato público promovido pela rede estadual

02/10/2014


O CREMERJ participou de um ato público realizado por médicos e funcionários da rede estadual, nesta terça-feira, 30, no Centro – em frente ao Núcleo Estadual do Rio de Janeiro (Nerj) do Ministério da Saúde. Dentre as reivindicações da categoria, estão: condições adequadas de trabalho, realização de concurso público e salários dignos.
 
O diretor do CREMERJ Pablo Vazquez, em seu discurso, lembrou que, recentemente, o Conselho promoveu uma assembleia com médicos estaduais, que criticaram duramente os baixos salários, a diversidade de vínculos empregatícios, as diferenças dos valores pagos aos estatutários e médicos contratados por Organização Social (OS) e as aposentadorias irrisórias.
 
“Temos colegas que estão vivendo uma situação difícil. Foi feita a incorporação da Geeled, porém não da forma adequada. Por isso, defendemos concurso público com salários dignos e um plano de cargos, carreira e vencimentos, pois, isso, sim, dará segurança ao servidor. Essa situação não pode continuar. A Saúde tem ficado à deriva. O CREMERJ apoia esse movimento e vamos às ruas em busca de justiça”, afirmou.
 
Pablo Vazquez também defendeu a equiparação salarial entre estatutários e médicos contratados por OS.
 
“Não somos favoráveis às OSs, mas tem que haver, no mínimo, a isonomia salarial. Não é justo que os estatutários que trabalham, há anos, nas unidades estaduais recebam muito menos do que os médicos contratados”, destacou.
 
De acordo com a diretoria do Sindsprev/RJ, o local foi escolhido porque reúne funcionários das redes federal, estadual e municipal. A manifestação foi organizada pelo Sindsprev/RJ e pela Asservisa/RJ.