Sbot-RJ lança campanha sobre malformação congênita

22/08/2014


O CREMERJ participou do lançamento da campanha “Vá em Frente – Diagnóstico e tratamento precoces da malformação congênita”, da Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia do Rio de Janeiro (Sbot-RJ), nessa quinta-feira, 21.

A mesa de abertura foi composta pelo presidente do CREMERJ, Sidnei Ferreira, pelo presidente da Sbot-RJ, Henrique de Barros, pelo conselheiro Renato Graça e pelo chefe do Departamento de Medicina Genética do Instituto Fernandes Figueira (IFF), Juan Llerena.

Na ocasião, o presidente da Sbot falou sobre a motivação para criar a campanha, que tem o objetivo de chamar a atenção de médicos e profissionais de saúde, além da população, sobre a importância do diagnóstico precoce e preciso de deformidades e malformações congênitas em recém-nascidos.

“Quando um filho nasce com algum problema congênito é natural que os pais fiquem desorientados e é essencial que o tratamento seja iniciado logo. Por isso a importância da conscientização”, salientou.

Henrique de Barros também apresentou os dados do Estudo Colaborativo Latino-americano sobre Malformação Congênita (ECLAMC), que diz que a cada 100 crianças nascidas vivas na América Latina, três nascem com algum tipo de malformação.

Já o presidente do CREMERJ destacou que o Conselho colocou sua estrutura à disposição para colaborar e divulgar a campanha.

“Nós disponibilizamos um tempo no próximo curso de educação médica em pediatria para que a Sbot-RJ possa divulgar o projeto, pois acreditamos que  trata-se de um tema de extrema relevância para a sociedade. É uma honra para nós o projeto ser lançado aqui na casa do médico”, declarou Sidnei Ferreira.