CREMERJ retorna ao Maracanã para fiscalizar postos médicos

13/06/2014


O CREMERJ retornou ao Maracanã para fiscalizar o complexo de saúde do estádio, nessa terça-feira, 10. Na ocasião, foram vistoriados os oito postos médicos e uma ambulância UTI móvel, que estava próxima ao campo. Além de representantes do CREMERJ, participaram da visita membros da Vigilância Sanitária municipal, do Grupamento de Socorro e Emergência (GSE) do Corpo de Bombeiros e do grupo Vida, empresa contratada para prestar os serviços de saúde no Maracanã durante a Copa do Mundo.

Durante a fiscalização, o CREMERJ constatou que os postos de atendimento VIP e Very VIP ainda estão aguardando liberação estrutural pela engenharia do Maracanã, para que a equipe da Vida finalize a montagem das unidades. Os outros postos, no entanto, estão devidamente equipados.

“Os equipamentos já estão no estádio para que sejam instalados assim que possível. Nossa equipe é treinada para realizar essa montagem rapidamente e com qualidade”, afirmou o diretor médico da Vida, Agnelo Quintela Júnior.

Quanto ao heliponto, aspecto que o CREMERJ chamou atenção na visita realizada no dia 30 de maio, Quintela disse que ainda não conseguiu autorização do Colégio Militar para o uso da área, porém, segundo ele, está combinado que, em casos de intercorrências, a Polícia Rodoviária Federal será acionada e que o helicóptero poderá pousar em via pública, já que as ruas próximas ao estádio estarão interditadas.

Quintela ainda informou que haverá 11 ambulâncias em pontos estratégicos no Maracanã durante os sete jogos que o estádio sediará.

“O objetivo do CREMERJ é contribuir para um atendimento adequado e de qualidade durante a realização da Copa do Mundo. A maioria das nossas orientações foi seguida. Alguns postos ainda não estão concluídos, mas nos foi garantido que até o primeiro jogo estará finalizado. Vamos continuar acompanhando”, declarou o conselheiro e representante do CREMERJ para assuntos da Copa 2014 e das Olimpíadas 2016, Renato Graça.

Enquanto a fiscalização era realizada, o CREMERJ foi apresentado ao médico da Fifa da Divisão de Emergência Médica, Efraim Benjamin Kramer. Ele acompanhou a simulação de um treinamento de resgate e avaliou o desempenho dos médicos brasileiros do grupo Vida.

“O treinamento que eu vi aqui com vocês foi o melhor do mundo. Todo o treinamento seguiu as recomendações da Fifa. Nossa expectativa é de ter um padrão altamente elevado durante os jogos”, disse Kramer.

A Vigilância Sanitária municipal retornará ao Maracanã nesta sexta-feira, 13, para verificar a conclusão e a entrega dos postos de atendimento VIP e Very VIP.

“Com relação à atividade médica, que compete ao CREMERJ fiscalizar, está pronta e aprovada. O que falta, agora, depende da aprovação da Vigilância Sanitária”, concluiu Renato Graça, que acrescentou que o Conselho convidou o GSE e a Vigilância Sanitária para acompanharem a visita.

Também participaram da visita a médica fiscal do CREMERJ Márcia Cristina Ribeiro; do gerente da Comissão de Fiscalização do CREMERJ, Pedro Paulo Prado; do coronel do GSE do Corpo de Bombeiros Fernando Suarez; da coordenadora técnica, médica e representante da Subsecretaria de Vigilância Sanitária municipal, Márcia Melo; da técnica da Coordenação de Vigilância Epidemológica da Subsecretaria da Superintendência de Vigilância em Saúde, Marcia Coutinho; da gerente e do subgerente de Eventos da Vigilância Sanitária, Claudia Noronha e Virgílio Ledo; e do gerente de Engenharia da Vigilância Sanitária, Glauco Teixeira.