Ex-aluna da Gama Filho é recebida pela diretoria do CREMERJ

06/06/2014


Recém-formada em medicina, Fernanda Lopes Moreira esteve no CREMERJ, nesta sexta-feira, 6, para receber a carteira com o seu número do CRM. Ex-aluna da Universidade Gama Filho, Fernanda vivenciou toda a dificuldade que a instituição, fechada no início deste ano, enfrentou. Com o encerramento das atividades, os alunos, incluindo Fernanda, foram transferidos para a Universidade Estácio de Sá.

Fernanda, que foi uma das líderes do movimento da Gama Filho, foi recebida pelo presidente do CREMERJ, Sidnei Ferreira, e pelo secretário-geral, Pablo Vazquez. 

“Estamos felizes por ter participado dessa luta e de alguma forma colaborado. Agora, é uma nova etapa, com novos desafios, vitórias e alegrias. Nossa profissão exige muita dedicação, o nosso objetivo é fazer o melhor pelo paciente”, declarou Sidnei Ferreira.

Fernanda agradeceu o apoio na luta pela Gama Filho, que, durante dois anos, enquanto era gerida pela mantenedora Galileo Educacional, foi sucateada a tal ponto, que os alunos tiveram aulas canceladas. Na época, os estudantes promoveram manifestações, audiências em Brasília e outras reuniões. Fernanda reiterou que o apoio recebido pelo CREMERJ começou na gestão da conselheira Márcia Rosa de Araujo.

“Agradeço ao CREMERJ que nos apoiou, nos incentivou e acreditou no nosso sonho. Nós não queríamos o fim que a Gama Filho teve, mas fico feliz por ter tirado o poder de decisão da Galileo com relação à nossa vida acadêmica. Hoje, digo com alegria que consegui me formar e ter o meu CRM nas mãos”, comemorou Fernanda.