CREMERJ participa de reunião com Secretaria de Barra Mansa

20/02/2014


O CREMERJ se reuniu com a Secretaria Municipal de Barra Mansa nessa quarta-feira, 19, para conversar sobre a situação das unidades hospitalares do município. Antes do encontro, o vice-presidente do Conselho, Nelson Nahon, e representantes e o coordenador da seccional, Abel Carlos de Barros, visitaram o Hospital da Mulher – onde constataram que o centro cirúrgico se encontra em condições precárias –, a Santa Casa, o Programa Saúde da Família (PSF) do bairro de São Francisco, a UPA e o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu).

“O Samu nos assustou muito. Havíamos fiscalizado o serviço anteriormente e verificamos que a situação era ruim. Agora piorou. Não há sequer médicos nas ambulâncias”, disse Nahon ao secretário municipal de Saúde de Barra Mansa, Jonathan Aguiar.

O secretário observou que o município não tem gerência sobre o Samu e pleiteou que a gestão desse serviço fosse repassada para a prefeitura. 

“Só assim teremos condições de melhorar o Samu. O Ministério da Saúde implantou essa rede de urgência e emergência na região do Médio Paraíba que, concordo, é muito precária. Na prática, não dá certo da forma como funciona”, afirmou ele. 

Quanto à Santa Casa, que sofre com a falta de recursos, conforme constatou o CREMERJ, Jonathan Aguiar afirmou que a prefeitura realiza um estudo para verificar se é possível aumentar a contrapartida do município ou buscar outras fontes de recursos.

“A Santa Casa é nossa maior parceira. Sem ela, não seria possível fazer saúde em Barra Mansa. A prefeitura já aumentou o repasse. Mas os gastos são muitos e a unidade sempre acaba fechando no vermelho”, completou.

O secretário ressaltou ainda que a realização de concursos públicos e a implementação de um plano de cargos, salários e vencimentos estão entre as principais metas de sua gestão. 

“Nessa área, atualmente, nossa maior dificuldade é a contratação de especialistas. Além disso, estamos muito preocupados com as injustiças salariais e as disparidades entre os salários de médicos que exercem as mesmas funções”, disse.

Ao final da reunião, Nelson Nahon afirmou que o CREMERJ tem buscado sempre o diálogo com os gestores de saúde a fim de resolver os problemas da saúde pública.

“Juntos, nós acreditamos que estamos caminhando para buscar soluções para a saúde pública”, observou.

Participaram também da reunião a subsecretária de saúde de Barra Mansa, Claudia Xavier; representantes da seccional de Barra Mansa José Augusto Cardoso Sá Junior, João Carlos Monlevad e Paulo Sérgio de Salles.