Hospital Salgado Filho: CREMERJ repudia nota da SMS

28/11/2013


Ao contrário do que afirma a Secretaria Municipal de Saúde do Rio de Janeiro (SMS-RJ), o CREMERJ tenta colaborar para resolver a situação gravíssima em que se encontra o Hospital Municipal Salgado Filho (HMSF).

O Conselho se reuniu com o secretário de Saúde, Hans Dohmann, e com os médicos do Salgado Filho e levou a proposta dos colegas ao secretário, que não pode receber o presidente e os diretores do CREMERJ. O documento foi, então, protocolado no gabinete do secretário, e o fato, noticiado no site do CREMERJ.

O Conselho não tem a função de indicar ou contratar médicos para nenhuma Secretaria de Saúde ou de resolver problemas graves de incompetência administrativa, como é o caso em questão.

Não há, na proposta entregue, qualquer menção ao fechamento da emergência do HMSF, mas sim a sugestão de transformá-la, temporariamente, em uma emergência referenciada, até que a SMS-RJ resolva os outros problemas, já que manter o atendimento como está coloca em risco a vida dos pacientes.