CREMERJ pede, mais uma vez, informações sobre o Mais Médicos

08/11/2013


O CREMERJ enviou, mais uma vez, um ofício à coordenação do projeto “Mais Médicos para o Brasil”, solicitando o nome completo dos intercambistas e das unidades de saúde onde estão trabalhando, com endereços, incluindo bairros e municípios; e a listagem dos supervisores e dos tutores acadêmicos responsáveis por esse grupo de médicos.

O documento foi enviado, nessa quarta-feira, 8, depois que a coordenação do programa encaminhou para o CREMERJ uma resposta incompleta e superficial.

As solicitações feitas pelo CREMERJ estão de acordo com a lei 12.871/2013 (MP 621/2013), que criou esse programa, e em conformidade com a lei que define as atribuições do Conselho, entre elas, a fiscalização do exercício da medicina.

“Queremos saber onde estão os médicos estrangeiros no nosso estado. Temos um compromisso com a população, com os médicos e com a medicina. Para cumprir, precisamos fiscalizar. Não há dificuldade nesses dados, por isso reiteramos o pedido”, declarou o presidente do CREMERJ, Sidnei Ferreira.