Secretaria volta atrás e aceita reivindicações dos médicos

31/05/2013


As negociações entre os médicos da UPA de Teresópolis e a Secretaria Municipal de Saúde avançaram. Nessa quarta-feira, 29, o secretário Carlos Otávio SantAnna e a subsecretária de Saúde, Claudia Miguel, se reuniram com os médicos, os conselheiros do CREMERJ Nelson Nahon e Sidnei Ferreira; o membro da seccional de Teresópolis, Ricardo Vasconcellos; o assessor jurídico do Conselho Marconde Alencar; e a diretora técnica da UPA, Julia da Rocha Mendes; para dizer que a Secretaria atenderá a maioria das reivindicações feitas pela categoria.

Segundo o secretário, os ortopedistas continuarão na UPA; haverá médico de rotina para as salas vermelha, amarela e de medicação; será feito o controle dos atendimentos pediátricos e, se a superlotação permanecer, será contratado um terceiro pediatra. Os médicos também terão a carteira assinada a partir do dia 1º julho e farão uma contraproposta em relação à remuneração oferecida pela prefeitura.

Na ocasião, foi ainda aprovada a negociação com a Fundação Educacional Serra dos Órgãos (Feso) sobre a remuneração da preceptoria por parte da faculdade de medicina. Isso porque acadêmicos da instituição fazem estágio na UPA.

A Secretaria Municipal de Saúde de Teresópolis, médicos e membros do CREMERJ se reunirão novamente no dia 12 de junho, às 18h, na própria UPA.

“Essa reunião representa uma vitória para a categoria. Todas as reivindicações são de extrema importância, pois se refletem num atendimento de qualidade à população. Na semana passada, recebemos uma resposta negativa, mas não desistimos e, agora, tivemos um retorno positivo”, declarou Nelson Nahon.