Assembleia de Convênios aprova reivindicações para 2013

25/04/2013


A Assembleia Geral de Convênios aprovou nesta quarta-feira, 24, as reivindicações do movimento dos planos de saúde para 2013. Em reunião, a diretoria do CREMERJ, membros das sociedades de especialidade e demais médicos debateram sobre o planejamento de ações, com destaque para o ato público pelo Dia Nacional de Alerta aos Planos de Saúde, marcada para a manhã do dia seguinte, no Centro do Rio.

Este ano, as reivindicações são: consulta com valor mínimo de R$ 70,00; aplicação da 5ª edição da CBHPM plena para todas as operadoras; equiparação dos valores de atendimentos e procedimentos feitos em enfermarias e quartos; igualdade dos honorários médicos dos planos individuais e coletivos e aprovação do Projeto de Lei 6.964/2010, que prevê o reajuste anual nos contratos.

O CREMERJ também reforçou a recomendação de que os médicos não assinem contratos sem antes consultar a Comissão de Saúde Suplementar (Comssu) ou a sua sociedade para averiguar se o documento está de acordo com as instruções da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS).

 “O movimento de convênios é importante, porque pressiona os planos de saúde em relação às reivindicações dos médicos. As ações nacionais fortalecem ainda mais a categoria, como é o caso da manifestação do dia 25 de abril. A medicina tem sido desvalorizada a cada dia e não podemos permitir isso. Este ano, vamos paralisar se for preciso”, declarou a presidente do CREMERJ, Márcia Rosa de Araujo.