CRM participa de congresso de ginecologia e obstetrícia

17/04/2013


Temas relacionados à saúde da mulher foram debatidos durante o 37º Congresso de Ginecologia e Obstetrícia do Rio de Janeiro, no Centro de Convenções Sul América, entre os dias 11 e 13 de abril. Promovido pela Associação de Ginecologia e Obstetrícia do Rio de Janeiro (Sgorj), o evento teve como objetivo atualizar e aprofundar o conhecimento dos médicos.

A presidente do CREMERJ, Márcia Rosa de Araujo, participou na sexta-feira, 12, da palestra: \"O que podemos cobrar das entidades médicas: do Conselho Federal de Medicina (CFM), do Conselho Regional de Medicina (CRM) e da associação do especialista?\". A seção também contou com a participação do médico Hugo Miyahira e o diretor da Sgorj, Marcelo Burlá.

Márcia Rosa explicou que o papel do CREMERJ é defender a ética médica assim como o exercício da profissão. Além disso, falou sobre a atuação política do Conselho em reivindicar às autoridades melhores condições de trabalho e salários dignos.

\"O médico precisa ser valorizado e, há anos, lutamos por isso, com mobilizações para denunciar o caos que está a saúde pública ou exigir dos convênios melhorias à categoria médica. Também nos dedicamos à educação continuada, realizando, com as Câmaras Técnicas, cursos que contribuem com o aprendizado dos nossos especialistas\", frisou.

Marcelo Burlá falou sobre a importância do fortalecimento da Sgorj e da parceria que a sociedade tem com o CREMERJ, principalmente na especialização dos colegas.

Hugo Miyahira, que foi o intermediador, encerrou o evento destacando pontos positivos do debate. \"Esse congresso é fundamental para o nosso aprimoramento, pois não só fala de assuntos exclusivos à ginecologia e obstetrícia, mas de temas gerais que são fundamentais para os médicos.”

O conselheiro Luís Fernando Moraes participou no mesmo dia da palestra “Parto domiciliar: os conflitos ético-legais na equipe de saúde”. A vice-presidente do CREMERJ e presidente da Sgorj, Vera Fonseca, também no dia 12, falou sobre o tema “Desvendando os laudos colpocitológicos: metaplastia escamosa, vaginose bacteriana, vaginose e citolítica”.