CRM entra na justiça em favor dos médicos residentes

27/02/2013


O CREMERJ entende que a recém-divulgada anulação do concurso de residência médica do Ministério da Saúde possa resguardar o prazo máximo para que os residentes assumam os seus postos no dia 30 de abril. A medida garante que a residência médica, até então ameaçada, seja viabilizada nos hospitais do Rio de Janeiro. Entretanto, o CREMERJ mantém a sua posição de garantir os direitos dos 448 aprovados, uma vez que já se comprovou que a fraude restringiu-se a um grupo já identificado e aconteceu na correção, e não na divulgação das perguntas. Assim, o Conselho acaba de entrar com uma ação civil pública na tentativa de manter a validade do concurso para os que foram legitimamente aprovados e classificados.