Doutorado em Bioética: CFM divulga novas regras

21/01/2019

O Conselho Federal de Medicina (CFM) divulga novas regras para a 9ª turma de doutorado em Bioética. Neste ano, o CFM disponibiliza 30 vagas para a seleção somente para médicos, sendo que 5% está reservada para portadores de necessidades especiais. O curso é uma parceria com a Universidade do Porto, de Portugal. 

Para concorrer a uma das vagas, o candidato deverá apresentar monografia de, no mínimo, cinco páginas sobre qualquer tema ligado a bioética, além de ficha de inscrição, Currículo Lattes e outros documentos listados no edital. O material deverá ser encaminhado entre os dias 15 de janeiro e 14 de fevereiro de 2019 para doutoradobioetica@portalmedico.org.br. 

A homologação das inscrições será divulgada em 18 de fevereiro no site www.doutorado.cfm.org.br, e a divulgação do resultado final do processo seletivo no dia 25 daquele mês. O material enviado ao Conselho ficará sob análise de uma comissão designada pela Presidência para fazer a seleção. 

O Programa de Doutoramento em Bioética tem a duração de quatro anos. O primeiro ano letivo é realizado de forma presencial através de cinco módulos de aulas, sendo um módulo de quinze dias na sede da Faculdade de Medicina da Universidade do Porto, em Portugal. Os demais encontros acontecem na sede do Conselho Federal de Medicina, em Brasília-DF. O edital faz destaque para que as despesas com passagens e hospedagens são de inteira responsabilidade do estudante, não cabendo ao CFM quaisquer ajuda de custo.   

Mais informações no site do CFM 

 

Fonte: Site do CFM