III Fórum de Clínica Médica vai debater papel do especialista no sistema de saúde do país

02/08/2017

Estão abertas as inscrições para o III Fórum de Clínica Médica do Conselho Federal de Medicina (CFM), que terá como tema “Clínica médica na estruturação e acesso ao sistema de saúde”. O encontro será realizado de 31 de agosto a 1º de setembro, em Brasília.
 
O evento vai debater temas como as expectativas da população em relação ao médico clínico/internista e como a especialidade é organizada em outros países. “Ao contrário de outros países como Inglaterra, Espanha e Portugal, em que o papel do clínico está bem definido, o nosso sistema de saúde não incorporou este especialista. Consequentemente, o paciente crônico se vê obrigado a visitar vários médicos, o que gera desperdício de dinheiro e tempo”, constata a professora de clínica geral e propedêutica da Faculdade de Medicina da USP e coordenadora adjunta da Câmara Técnica de Clínica Médica do CFM, Maria do Patrocínio Tenório Nunes.
 
A primeira atividade do III Fórum no dia 31 de agosto, após a abertura, será a apresentação “Demografia Médica – a clínica médica/medicina interna no Brasil”. Em seguida, será realizada a conferência “A medicina interna, o internista e o Sistema de Saúde de Portugal”, proferida pelo presidente da Sociedade Portuguesa de Medicina Interna, Luís Campos, que também falará sobre o tema “Opinião e expectativas da população em relação ao médico clínico/ internista”.
 
No horário da tarde, será realizado o painel “Qual é a função do clínico/internista no Sistema de saúde público e suplementar no Brasil?”, que terá como participantes, além de Luís Campos, representantes do Ministério da Saúde, do Conselho Nacional de Secretários de Saúde, do Conselho Nacional de Secretarias Municipais de Saúde e do Sistema Unimed. Em seguida, será distribuído para os participantes uma proposta com as competências do clínico/internista.
 
Na sexta-feira, dia 1º, serão formados grupos para analisar e debater essa proposta. À tarde, membros da Câmara Técnica de Clínica Médica; a secretária executiva do Conselho Nacional de Residência Médica, Rosana Leite; o presidente da Associação Brasileira de Ensino Médico, Sigisfredo Brenelli, e o professor da Faculdade de Medicina da USP Milton Arruda, participarão da mesa redonda “Repercussões das competências na formação do clínico/internista”.
 
Maria do Patrocínio explica que ao contrário do especialista em Medicina de Família e Comunidade, que está habilitado a acompanhar desde o bebê até o idoso em eventos de baixa complexidade, o clínico geral/internista atende o paciente crônico adulto, nas interações entre os vários especialistas que este paciente tenha de recorrer. “Pelo SUS, atendi recentemente um paciente que estava sendo tratado por um hospital de ponta paulista, mas que estava confuso com as várias prescrições que recebera. Foi ao ambulatório da FMUSP à procura do que ele bem definiu como ‘síndico’. Alguém que visse ele como um todo. É esse o papel do médico internista’, define Maria do Patrocínio.
 
Para a coordenadora adjunta da Câmara Técnica de Clínica Médica, o Fórum terá reflexos na definição das competências e habilidades da especialidade, sendo importante que participem, além dos médicos que atuam na área, representantes dos setores público e suplementar, de todas as regiões do país. “Temos uma concepção do como deve ser a formação deste profissional, mas precisamos ouvir o gestor, saber o que ele espera do profissional. Será um evento muito rico e é fundamental uma participação ampla”, afirmou.
 
III FÓRUM DE CLÍNICA MÉDICA
CLÍNICA MÉDICA NA ESTRUTURAÇÃO E ACESSO AO SISTEMA DE SAÚDE
CÂMARA TÉCNICA DE CLÍNICA MÉDICA DO CONSELHO FEDERAL DE MEDICINA - CFM
DATA: 31 de agosto e 01 de setembro de 2017
Local: Conselho Federal de Medicina - Brasília – DF
Inscrições abertas: https://goo.gl/1gEcuV