Clipping - Hospitais federais terão mil novos servidores

Extra / Cidades

05/06/2018


Mil novos servidores, entre médicos, enfermeiros e demais profissionais da área da saúde devem integrar o quadro dos hospitais da rede federal até agosto deste ano. O prognóstico é do Departamento de Gestão Hospitalar (DGH) do Ministério da Saúde do Rio. Representantes do órgão se reuniram na tarde de ontem com integrantes de conselhos e sindicatos de medicina, nutrição e enfermagem, mais os corpos clínicos de unidades de saúde.

— Falaram que entre junho e julho haverá a contratação de mil profissionais para os hospitais federais. É claro que é uma pequena vitória, mas não resolve a situação dos hospitais — comentou o presidente do Conselho Regional de Medicina do Estado (Cremerj), Nélson Nahon.

Segundo Nahon, há hospitais com mais de 40% de servidores com contratos temporários há mais de dez anos. Além das entidades, estiveram presentes uma Comissão Externa da Câmara dos Deputados e a deputada Jandira Feghali.

Segundo dados do Cremerj, as unidades mais afetadas por deficit de pessoal são os hospitais de Bonsucesso e do Andaraí, na Zona Norte da cidade, além do Cardoso Fontes, na Zona Oeste. No primeiro, há grande necessidade de anestesistas. Outras especialidades em falta são oncologistas, pediatras, ortopedistas.

O EXTRA procurou o DGH para comentar a reunião, mas não obteve retorno.