Médicos com deficiência podem atualizar dados pelo site

A partir deste mês, os médicos com deficiência poderão acrescentar essa informação em seu registro, atualizando seus dados no site do CREMERJ. No cadastro, é possível sinalizar se o médico é portador de deficiência e indicar qual o seu tipo (visual, motora, auditiva ou outras), sua origem (congênita ou adquirida) e se o médico está adaptado (sim ou não). Os estudantes de medicina ao fazerem a pré-inscrição já poderão fazer o registro contendo essas informações.

 

Para a inclusão, basta acessar a Área do Médico (http://www.cremerj.org.br/loginmedico/#), onde será disponibilizado um item de menu. Os dados informados também serão acrescentados no Cadastro Nacional dos Médicos. Além do portal do CREMERJ, é possível fazer as alterações pessoalmente na sede do Conselho, nas subsedes e nas seccionais. 

 

Com os sistemas dos Conselhos Regionais de Medicina atualizados, os dados permitirão às instituições conhecer a realidade e elaborar políticas públicas aos profissionais desse grupo. Com a mudança, será possível, ainda, aprimorar os mecanismos de fiscalização dos estabelecimentos de saúde que, além de oferecer acessibilidade para os pacientes, devem oferecê-la aos seus profissionais com deficiência.