Colégio Brasileiro de Cirurgiões comemora 90 anos

30/07/2019


O Colégio Brasileiro de Cirurgiões (CBC) completa hoje 90 anos de seu reconhecimento em todo o Brasil. Para celebrar a data, a entidade, de âmbito nacional, promoveu na última sexta-feira, 26, uma sessão solene que contou com a entrega de sua maior honraria, o prêmio CBC. Além das premiações Alfredo Monteiro, Ruy Ferreira Santos, Mariano de Andrade, Oscar Alves, Ivo Pitanguy e Honra ao Mérito. A ocasião ainda empossou os novos membros titulares e eméritos.

A mesa foi composta pelo presidente do CBC, Savino Gasparini, pelo primeiro vice-presidente, Augusto César Mesquita, pelo segundo vice-presidente, Edivaldo Massazo, pelo membro do conselho superior, Guilherme Eurico Bastos, pelo membro da Academia Nacional de Medicina, Octávio Pires, pelo diretor de Defesa Profissional da Associação Médica Brasileira, Carlos Alberto, pelo conselheiro federal, Sidney Ferreira e pelo membro do Colégio Brasileiro de Cirurgia Digestiva, Delta Madureira. 

 

 

O hino nacional brasileiro abriu a cerimônia junto a uma apresentação com a história do CBC. Em seguida, deram início às posses.

Membros titulares: Gláucio Borges Moraes, Joé Gonçalves Sestello, Leonardo Chaer Rezende, Renato Coimbra Tavares, Rodrigo Canada Trofo Surjan, Vilson Leite Batista e Vinícius Brasil Freitas Cruz.

Membros eméritos: Alfredo Henrique Rodríguez Guarischi, Amaro Alexandre Neto, Arno Von Buettner Ristow, Carlos Alberto Jaimovich, Carlos Eduardo Pinto, Cládio do Carmos Chaves, Ester Azoubel Sales, Nelson Machado da Silva Lima e Roberto Garcia de Freitas.

O prêmio “Alfredo Monteiro”, concedido ao melhor trabalho em cirurgia experimental, foi dado ao autor Pedro Teixeira da Silva. O prêmio “Ruy Ferreira Santos”, destinado ao melhor trabalho de aplicabilidade clínica, foi para Fernando Bráulio de Castro. O prêmio “Mariano Andrade”, oferecido a instituições que enviam e apresentam o maior número de trabalhos, foi concedido ao Centro de Cirurgia Experimental do Departamento de Cirurgia da Faculdade de Medicina da UFRJ. Já o prêmio “Oscar Alves”, para o melhor trabalho publicado na Revista do CBC em 2018, foi para Mario Pastore Neto. O prêmio “Ivo Pitanguy”, para trabalhos de pesquisa sobre temas de interesse da cirurgia plástica, foi para Francisco Mello. A “Honra ao Mérito” é destinada aos serviços mais relevantes prestados para o desenvolvimento da medicina brasileira, e foi entregue às médicas Dayse Coutinho Valente e Talita Franco.

Por fim, o prêmio “Colégio Brasileiro de Cirurgiões”, destinado a um cirurgião que seja membro titular ou emérito do CBC, e que tenha contribuído para o ensino, progresso e desenvolvimento da cirurgia no Brasil, por meio de suas atividades desempenhadas na sua vida profissional. A honraria, que é considerada uma das principais na área médica, foi dada ao cirurgião geral Celso Portela.