CREMERJ se posiciona sobre rompimento de tubulação no HFA

10/07/2019


O CREMERJ declara publicamente indignação com mais um rompimento de tubulação no Hospital Federal do Andaraí (HFA), na noite da última terça-feira, 9. O Conselho, que já havia se manifestado quando parte do teto do CTI da unidade desabou em junho, se posiciona sobre o quanto é importante e necessário que medidas sejam tomadas urgentemente no HFA, a fim de garantir a segurança dos pacientes e condições adequadas de trabalho para médicos e demais funcionários.


Em 3 de junho, o CREMERJ fez a interdição ética da emergência do HFA, após constatar a superlotação de pacientes graves sem a adequada assistência, falta de recursos humanos e déficit de medicamentos e insumos. O Conselho ainda aguarda que os gestores tomem às providências necessárias para que a interdição seja revertida.