CRM apoia família de Danielle Lasmar em reunião com governador

17/06/2019


A diretora do CREMERJ Beatriz Costa representou o Conselho, na sexta-feira, 14, para amparar a família da médica Danielle Vivian Lasmar, vítima fatal de uma tentativa de assalto, em reunião no Palácio Guanabara com o governador do estado do Rio de Janeiro, Wilson Witzel, que prestou esclarecimentos sobre a investigação e informou que ainda não foi possível identificar o autor do crime.

Beatriz questionou a não existência de um programa que cruze os dados das pessoas em todo o país.

“A falta de informação para chegar ao infrator faz com que a conclusão do caso se estenda cada vez mais. A sociedade, mais uma vez, foi quem perdeu.

Witzel falou sobre um projeto de identificação nacional que já está em andamento.

O assessor jurídico, Rodrigo Câmara, também participou do encontro.

Danielle Vivian Lasmar de Almeida tinha 51 anos e morreu após levar três tiros enquanto dirigia por uma rua do bairro do Maracanã, na Zona Norte do Rio, no dia 10 de maio.