Transparência da fila de espera é debatida no CREMERJ

15/04/2019


Diretores do CREMERJ e a subsecretária municipal de Saúde do Rio de Janeiro, Claudia Lunardi, se reuniram para discutir formas mais claras de acompanhar a fila de espera por atendimento na rede. O intuito é dar transparência aos dados e evitar que a fila de espera seja burlada. O encontro foi nessa quinta-feira, 11, e contou com a participação do presidente do CRM, Sylvio Provenzano; dos diretores Luis Guilherme dos Santos e Ricardo Azêdo; do conselheiro Claudio Moura; do subsecretário municipal geral executivo, Alexandre Campos; do subsecretário de gestão da atenção integral à saúde, Luiz Otávio Martins, representando a Secretaria do Estado de Saúde; e o médico Eduardo Nogueira.

“Nossa intenção como Conselho é preservar os médicos e garantir a assistência à população. O portal da transparência não nos oferece todos os dados necessários para acompanhar um paciente. Com um sistema, por exemplo, conseguimos fazer com que os dados fornecidos pelas unidades não sejam sonegados. Isso é importante para o CREMERJ, como órgão fiscalizador, saber quando um local que foi fiscalizado e notificado cumpriu as exigências estabelecidas”, disse Provenzano.