Reunião do Conselho Deliberativo é realizada pela Somerj

03/12/2018


O CREMERJ, junto com outras entidades médicas do âmbito regional e nacional, participou, nesse sábado, 01, da reunião do Conselho Deliberativo e diretoria plena da Associação Médica do Estado do Rio de Janeiro (Somerj), , para avaliar assuntos relevantes na área da Saúde. O presidente do CRM, Sylvio Provenzano, a vice-presidente Célia Regina Silva e o diretor Flavio Antonio de Sá estavam presentes.

Na ocasião, foram discutidos temas relacionados à crise na área médica como um todo: a desvalorização profissional, o fechamento de unidades, a substituição dos profissionais no programa Mais Médicos, a falta de concursos públicos, a qualidade do ensino de novas escolas de medicina e a formação oferecida por elas, entre outros.

Sylvio Provenzano expressou o novo posicionamento do Conselho e seu pensamento sobre as questões apresentadas:

“Tenho vivido uma grande experiência no CREMERJ e tenho depositado toda minha dedicação a ele, para que possamos garantir a boa prática médica com dignidade aos colegas. Nossa gestão é totalmente inclusiva, e o envolvimento com as entidades aqui presentes pode motivar boas estratégias. Uma das nossas propostas é realizar uma avaliação nas faculdades mais recentes, que não sabemos se estão aptas a formar bacharéis em medicina”, disse o presidente do CRM.

Totalmente de acordo com a ideia de união, o presidente da Federação Nacional dos Médicos (Fenam), Jorge Darze, anunciou a data da primeira reunião de entidades médicas nacionais:

“Uma associação sozinha não vai conseguir resolver os problemas da saúde pública. O adiamento da data de inscrição para a substituição dos Mais Médicos, por exemplo, foi uma vitória das organizações. Pretendemos nos reunir com as entidades regionais de cada Estado e uma das pautas a ser discutida será o piso salarial. Nosso encontro no Rio de Janeiro está marcado para o dia 24 de janeiro”, frisou Darze.

O presidente da Associação Médica Brasileira (AMB), Lincoln Lopes, também reforçou a iniciativa:

“Coloco-me à disposição para contribuir com o fortalecimento desta união, pois entendo que o movimento médico é maior do que qualquer pretensão particular”, salientou.

O presidente da Somerj, Benjamin Baptista, agradeceu a participação de todos e destacou a soma das forças das entidades:

“Sinto-me muito feliz com as palavras dos colegas, pois vejo todos empenhados na busca de propostas e definição de novos projetos para mudarmos este cenário. Acredito que os braços para esta luta estão aqui”.

O encontro contou com 28 representantes de associações de vários municípios do Rio de Janeiro. O diretor da Somerj e conselheiro do CRM José Ramon Blanco também participou da reunião.