Nota de posicionamento sobre o Congresso da Figo 2018

18/10/2018


Posicionamento do CREMERJ frente às denúncias recebidas durante o Congresso da Figo 2018 (Federação Internacional de Ginecologia e Obstetrícia):

1- Exigimos respeito aos mais de 11 mil médicos que pagaram caro e foram submetidos a filas gigantes, ausência de tradução simultânea, impedidos de entrar em aulas de interesse e toda a sorte de agruras por deficiências básicas de organização e logística;

2- Por não dar um único espaço ao contraditório, defendendo a manutenção da legislação atual sobre o aborto, havendo cerca de 100 eventos favoráveis a sua descriminalização, deixando claro que o Congresso tomou posição ideológica num tema que deveria ser técnico;

3- Defesa irrestrita ao direito de objeção de consciência inalienável por parte do médico na questão do aborto;

4- Defendemos o parto hospitalar com obstetra e neonatologista (pediatra);

5- Parto humanizado em hospital com médico;

6- Defendemos o melhor parto para a mulher independente da via, tendo como ponto máximo de interesse o bem-estar materno-fetal sem demonizar o obstetra ou a cesariana a pedido materno.

 

Rio de Janeiro, 18 de outubro de 2018

 

Sylvio Provenzano

Presidente do CREMERJ

 

Raphael Câmara

Coordenador do Grupo de Trabalho Materno Infantil do CREMERJ