Planejamento autoriza contratação de RH para unidades federais

27/03/2018


O Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão (MPDG) autorizou a contratação temporária de recursos humanos para atender à demanda de hospitais e institutos no Rio de Janeiro. A aprovação foi dada através de nota técnica, em resposta a um despacho a partir de parecer do Ministério da Saúde (MS).

O MPDG autorizou a contratação de 3.592 profissionais de saúde para os seis hospitais federais no Rio de Janeiro (Andaraí, Bonsucesso, Cardoso Fontes, Ipanema, Lagoa e Servidores) e os três institutos (Cardiologia, Câncer e Traumatologia e Ortopedia). A medida atende ao pedido feito em conjunto pelo CREMERJ, pelo Conselho Regional de Enfermagem do Rio de Janeiro (Coren-RJ) e pela Comissão Externa da Câmara dos Deputados por meio de ação civil.

A aprovação foi dada através de nota técnica, em resposta a um despacho a
partir de parecer do Ministério da Saúde (MS). Entre os admitidos estão 1.340 médicos especialistas, sendo 1.193 para os hospitais e 147 para os institutos.

“Com essa decisão, o MS não tem mais justificativas para não realizar as contratações, que têm sido mostradas pelo CREMERJ como o mais grave problema nas unidades. Vamos nos reunir novamente com o DGH nesta quarta-feira (28) para cobrar de forma urgente a renovação dos médicos e dos demais profissionais de saúde para os hospitais federais”, frisa o presidente do CREMERJ, Nelson Nahon.

Clique aqui para ler a íntegra da nota.

 

 

Na foto, o presidente do CREMERJ, Nelson Nahon, em 22 de março,

durante coletiva de imprensa na porta do HFB

sobre o fechamento da emergência recém-inaugurada