Clínicas da Família aguardam promessas feitas pelo prefeito

12/01/2018


Médicos da Estratégia Saúde da Família (ESF) se reuniram nesta sexta-feira, 12, para discutir a situação das Clínicas da Família que ainda esperam as mudanças prometidas pelo prefeito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella, durante encontro em 27 de novembro de 2017. Foram alinhadas novas diretrizes para o movimento, que continua em estado de greve.

Segundo o comando de greve, os salários de 2017 ainda não foram totalmente regularizados. Além disso, a promessa de que o estoque de medicamentos seria reabastecido por completo não foi concretizada. Apenas parte dos remédios foi fornecida.

Para reiterar o apoio do CREMERJ aos médicos da ESF, os diretores Gil Simões, Erika Reis e Sidnei Ferreira, também representando o Conselho Federal de Medicina (CFM),estiveram na reunião. “A união de vocês é fundamental para que o movimento não se perca. Sem essa mobilização, o desmonte teria sido muito maior”, alertou Simões.

Os conselheiros ainda se colocaram à disposição dos profissionais para qualquer tipo de ajuda. Um levantamento das unidades em situação mais grave será feito e entregue ao Tribunal Regional do Trabalho (TRT).

A próxima assembleia está marcada para o dia 24 de janeiro.