CREMERJ promove 14º Prêmio de Residência Médica

01/12/2017


A residente da Maternidade Escola da UFRJ Gabriela Paiva Carvalho foi a vencedora do 14º Prêmio de Residência Médica do CREMERJ, entregue nessa quarta-feira, 29, na sede do Conselho. Ela apresentou o trabalho intitulado “A quimioterapia é sempre necessária para pacientes com neoplasia trofoblástica gestacional não metastática com diagnóstico histopatológico de coriocarcinoma?”, que teve como preceptor o médico Antônio Rodrigues Braga Neto.

Muito emocionada, Gabriela agradeceu pelo reconhecimento da pesquisa, que abordou um tema inédito no país. Ela também parabenizou o CREMERJ por incentivar que residentes realizem trabalhos de pesquisa.

“Gostaria de agradecer ao CREMERJ pela oportunidade de apresentar o meu trabalho. Este incentivo à pesquisa é fundamental, principalmente para gente que está começando agora a carreira. Espero que minha pesquisa possa contribuir para a criação de novas condutas terapêuticas no tratamento do câncer de placenta”, declarou a vencedora.

O segundo e terceiro colocados foram, respectivamente, Ronald Enrique Delgado Bocanegra, do Instituto Nacional do Câncer, com o trabalho “Análise comparativa entre avaliação intraoperatória por imprinte avaliação histopatológica de linfonodo sentinela em neoplasia maligna de mama tratada com quimioterapia neoadjuvante Instituto Nacional de Câncer”, orientado por Eduardo Camargo Millen, e Luiza Máximo Cunha Pinto, do Hospital Universitário Clementino Fraga Filho, com o trabalho “Estatística do Serviço de Cirurgia Vascular no Hospital Universitário Clementino Fraga Filho de implante de Cateteres trans-hepático e trans-lombar de veia cava em pacientes em falência de acesso venoso para hemodiálise e a nova perspectiva para estes pacientes HUCFF - UFRJ”, orientado por Luciana Moura Farjoun da Silva.

A mesa solene foi composta pelo vice-presidente do CREMERJ, Serafim Borges, pelo diretor Gil Simões e pelo futuro presidente da Associação dos Médicos Residentes do Estado do Rio de Janeiro (Amererj), Francisco Coelho. Serafim Borges parabenizou todos os 13 residentes selecionados para a final e destacou a importância de incentivar a realização dos trabalhos científicos pelos residentes.

“Vivemos um caos na saúde do Estado do Rio de Janeiro, com hospitais sem medicamentos, com déficit de profissionais, sem verbas para se manter, além de outros problemas. E mesmo com essas condições que não favorecem a boa formação, esses residentes realizaram excelentes trabalhos. Por isso, o CREMERJ estimula este evento, como forma de continuar incentivando as pesquisas e o conhecimento constantes desses profissionais que tem um caminho excelente pela frente”, disse Serafim.

Gil Simões, que também é coordenador da Comissão de Médicos Recém-Formados do CREMERJ, salientou a importância dos preceptores no incentivo aos estudos e na formação dos residentes. Ele também agradeceu a comissão julgadora que avaliou os 98 trabalhos inscritos este ano.

“É sempre um prazer participar desta premiação, que é um estímulo aos residentes e também um reconhecimento aos seus preceptores, que são figuras fundamentais na formação dos jovens médicos. Eles são essenciais nas unidades que possuem programas de residência. Todos que estão aqui são vencedores e suas pesquisas são muito importante para a sociedade e para a medicina. Continuem trilhando este caminho do conhecimento, sempre!”, acrescentou Simões.

Os 13 trabalhos selecionados foram divididos nas categorias experimental/pesquisa, levantamento de casuística e relato de caso. Cada participante teve dez minutos para apresentar seu trabalho. Ao final das exposições, os jurados escolheram os três vencedores pela originalidade, pela apresentação e pela contribuição ao conhecimento sobre o assunto.

O primeiro lugar foi contemplado com R$ 5 mil, o segundo ganhou R$ 3 mil e o terceiro colocado recebeu R$ 1,5 mil. Já seus preceptores ganharam um iPad Mini 4 128GB. O 14º Prêmio de Residência do CREMERJ teve patrocínio da Associação Médica do Estado do Rio de Janeiro (Somerj).

Classificados:

Além dos ganhadores, foram classificados para apresentação de seus trabalhos: Rodrigo Renee Ferreira, Tatiana Salgueiro Guimarães, Thamyris Campos Valle, Carolina Simas Pecorari, Weverton Santos, Bárbara Almeida Ferreira, Juliana Gonçalves Coelho, João Gabriel Garritano, Fillipe Tinoco Rodrigues e Ubiratan Cassano Santos.

Comissão julgadora:

A comissão julgadora foi composta pelos médicos: Rossano Kepler Alvim Fiorelli, Amaro Alexandre Neto, Ana Alice Ibiapina, Clemax Couto Santana, Gilberto Perez Cardoso, Luiz Antonio Rodrigues, Maria Inez Padula Anderson, Milber Fernandes Guedes Junior, Moises Vieira Nunes, Rafael Henrique Szymanski Machado e Vania Luiza Cochlar Pereira.

Participaram do evento os diretores Erika Reis, Pablo Vazquez e José Ramon Blanco.