Convênios: Assembleia rejeita proposta da Intermédica

28/09/2016


A Assembleia Geral de Convênios recusou a proposta enviada pela Intermédica/Notredame. O movimento também decidiu estender as negociações com outras operadoras que ainda não apresentaram os índices de reajuste. As deliberações foram votadas em assembleia, nesta segunda-feira, 26, na sede do CREMERJ, e aprovada por unanimidade. Além do Conselho, o encontro foi organizado pela Associação Médica do Estado do Rio de Janeiro (Somerj), pelo Sindicato dos Médicos do Rio de Janeiro (Sinmed-RJ) e pelas sociedades de especialidade.

De acordo com o coordenador da Comissão de Saúde Suplementar (Comssu) do CREMERJ, o conselheiro Ramon Blanco, a Intermédica/Notredame receberá um comunicado sobre a decisão da assembleia e será novamente chamada para se reunir com o movimento de convênios. As operadoras Marítima, Amil, Dix, Medial, Brasdesco, CAC e GEAP, que ainda não apresentaram suas propostas, também serão convidadas para novas reuniões.

“Até o final de outubro, vamos estabelecer novos encontros com a Intermédica/Notredame e com as outras operadoras para tentar chegar a um acordo satisfatório para todos. Na última semana do mês, faremos uma nova assembleia para apresentar os resultados e colocá-las para votação”, explicou o coordenador da Comssu.
 
Informes

Durante o encontro, a conselheira Marcia Rosa informou sobre os assuntos que estão sendo debatidos no Conselho Federal de Medicina (CFM), por meio da Comsu Nacional. Um dos temas é a proposta de adesão aos planos de saúde por meio da internet. Ela também comunicou que a Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) está criando um grupo técnico para discutir o Serviço Auxiliar de Diagnóstico e Terapia (SADT). O primeiro encontro acontece nesta quinta-feira, 29.  

Também participou da reunião os conselheiros Nelson Nahon, Gilberto dos Passos, Sergio Fernandes, Armindo Fernando da Costa, Marília de Abreu e o diretor do Sinmed-RJ Rogério  Barros.