CREMERJ lamenta falecimento do médico Oscarino Barreto

27/07/2016



O CREMERJ informa o falecimento do médico Oscarino dos Santos Barreto Júnior, nesta quarta-feira, 27. O velório será nesta sexta-feira, 29, das 11h às 15h, no Cemitério Parque Jardim da Saudade, em Sulacap.

Membro fundador da Câmara Técnica de Medicina de Família e Comunidade do CREMERJ,  Oscarino foi secretário municipal de Saúde de Belford Roxo, presidente da Associação de Medicina de Família e Comunidade do Rio de Janeiro (Amfac-RJ) e diretor da Sociedade Brasileira de Medicina de Família e Comunidade.

Nascido no Rio de Janeiro, ele iniciou sua carreira como cirurgião geral, mais tarde especializando-se também em cirurgia plástica. Mas foi na medicina de família e comunidade que encontrou sua grande vocação.

Ao longo de muitos anos, ele atuou nas Clínicas da Família da Gardênia Azul, de Nova Brasília/Complexo do Alemão, do Pavão/Pavãozinho/Cantagalo, todas na capital fluminense, e em Itaboraí.

Trabalhou nas emergências dos hospitais municipais Souza Aguiar e Miguel Couto, do Rio de Janeiro, no municipal de Duque de Caxias, e no estadual Getúlio Vargas.

Também teve longa carreira no Exército, tendo chefiado o Centro de Tratamento de Queimados do Hospital de Campanha do Exército e o Fundo de Saúde do Exército. Atuou, ainda, no Serviço de Cirurgia Plástica do Hospital Central do Exército.

"Oscarino sempre foi um entusiasta dos Programas de Saúde da Família, lutando por sua melhoria e expansão. A medicina perde um grande colega", declarou o presidente do CREMERJ, Pablo Vazquez.