CREMERJ homenageia médicos jubilados

01/06/2016


Promovida pelo CREMERJ, a alegre e emocionante solenidade em homenagem aos médicos jubilados, formados há 50 anos ou mais, reuniu no auditório Júlio Sanderson cerca de 80 médicos e seus familiares, no dia 18 de maio. Para compor a mesa solene, o presidente do Conselho, Pablo Vazquez, convidou os conselheiros Erika Reis, Renato Graça, José Ramon Blanco, Luis Fernando Moraes e Armindo Fernando Corrêa.

Pablo Vazquez abriu a noite citando o atual momento político e as dificuldades na saúde. “É com enorme satisfação que prestamos essa homenagem a vocês, que apesar de todos os problemas enfrentados ao longo desses 50 anos, defenderam com muita honra o exercício da medicina. Recentemente, houve uma crise econômica mundial, que afetou o Brasil e gerou na saúde, nos setores público e suplementar, enormes dificuldades. Porém, com tudo isso, me orgulho da classe médica continuar sendo referência de confiança para a população. Devemos isso a vocês também”, disse Pablo.

Em seguida, os conselheiros entregaram placas e diplomas aos médicos homenageados. No final, o gastroenterologista Glaciomar Machado Olive pediu a palavra. “Queria agradecer ao CREMERJ por essa bela homenagem. Como fui o orador do juramento de formatura da minha turma, em 1966, não poderia deixar de agradecer a Deus pela oportunidade de ajudar os que necessitam e também pela nossa saúde física e mental”, falou.

O médico entoou o famoso hino da Faculdade Nacional de Medicina (atual Universidade Federal do Rio de Janeiro), sendo acompanhado pelos colegas.