Evento no HFSE têm a comunicação como tema central

01/12/2015


O diretor do CREMERJ Gil Simões e o conselheiro Gilberto dos Passos estiveram presentes no IV Seminário da Qualidade e Segurança da Câmara Técnica de Qualidade e Segurança (CTQS) e III Fórum de Segurança do Paciente do Hospital Federal dos Servidores do Estado (HFSE), realizado no dia 24 de novembro, no auditório do hospital.

Com o tema “Comunicar para melhorar a qualidade e segurança do paciente”, toda a programação do evento foi elaborada com o objetivo de sensibilizar os profissionais e gestores sobre a importância da efetiva comunicação, em todos os níveis, para melhorar a qualidade e a segurança dos pacientes nos serviços de saúde.

Os convidados para compor a mesa de abertura foram: o diretor geral do HFSE, Miguel Monteiro; as coordenadoras assistencial Miriam Vieira; do serviço de enfermagem, Raquel Barzam; e do núcleo de segurança, Deise Lúcia Motta; a colaboradora geral do Departamento de Gestão hospitalar, Sônia Capellão, o diretor executivo do Centro Colaborador para Qualidade do Cuidado e Segurança do Paciente, Victor Grabois, a coordenadora do setor de Segurança do Paciente da Superintendência de Vigilância Sanitária da Secretaria de Estado de Saúde, Maria de Lourdes Moura, a presidente da Câmara Técnica de Qualidade e Segurança do Paciente dos Hospitais Federais do RJ e membro do Núcleo do Paciente do HFSE, Claudia Regadas, e a facilitadora da Câmara Técnica de Qualidade e Segurança do Paciente, Adélia Quadros.

O diretor do HFSE, Miguel Monteiro, salientou que a partir desta edição o fórum de segurança do paciente está associado à Câmara Técnica de Qualidade e Segurança do Paciente. “Queria também lembrar que a chave desse evento é a comunicação. Portanto, que a gente possa, cada vez mais, melhorar a atenção ao paciente e sua segurança”, disse o diretor.

Na programação do evento, o conferencista Noélio Duarte abriu a manhã com o tema “Comunicação é o que o outro entende”. Após breve intervalo, deu início à mesa redonda sobre “Comunicação efetiva entre os profissionais de saúde”. As palestras “Na transmissão de resultados críticos de exames”, “Nas transferências internas e externas” e “Nas passagens de Plantão” foram ministradas por Sandra Antunes (Copa Dor), Augusto Neno (CSSJ) e Roberta Pinheiro (Pró-cardíaco), respectivamente. Em meio aos debates, a palestra sobre Comunicação entre profissionais e pacientes foi proferida por Almerinda Luedy Reis.

A parte da tarde seguiu com apresentação de trabalhos, mesa redonda sobre “Comunicação de incidentes: fonte de aprendizagem”, além de apresentações sobre “Processo de notificação de incidentes”, de Lúcia Neves; “Estudo e Avaliação do incidente”, proferida por Karina Pecora; e “Divulgação dos resultados e aprendizagem”, de Paola Andreoli, que também ministrou a palestra e debate finais sobre “Abertura de informações sobre erro no cuidado”.